quarta-feira, 30 de junho de 2010




Mulher que em minha cama, me ama
Teu sorriso de estrela, lembra a lua
Tua pele branca, lembra a flor
Teus olhos, meu espelho, minha paz
Tuas curvas, meu limite, meu prazer
Te amar é um ritual, lembra magia
Te beijar é um feitiço que vicia
Tua voz é como águas que me levam para longe
Não sei para onde

Nenhum comentário: