sexta-feira, 17 de setembro de 2010



Dentro de mim tem um bicho
Dizem que é signo
No chinês é o cavalo
Mas acho que sou câncer
Se é como está escrito
Eu sou um perigo
Arranho, agarro e firo
Se doer é só falar
Que eu digo
Foi sem querer querido
Foi coisa do destino

Nenhum comentário: