sexta-feira, 17 de setembro de 2010



Espírito livre que voa alto e rabisca
Se deixa perder em uma página ou linha
Poetiza, canta, escreve e rima
Dança, levita e mergulha em lágrima lírica.
Parte da vida se foi
Mas, há sempre alguma coisa que fica
O amor, o pensamento
Ou apenas a alma que delira.

Nenhum comentário: