sábado, 10 de agosto de 2013

Projeto Girassol do Amor.

Projeto: Girassol do Amor. Objeto: Livro. Autora: Eva Leite. Resumo: Romance autobiográfico de uma portadora de deficiência física (tetraplégica) sobre sua trajetória de vida após um acidente automobilístico aos 20 anos de idade. A obra é marcada por aspectos da vida amorosa, familiar e social e é desenrolada a partir dos acontecimentos cotidianos e do relacionamento Homoafetivo entre uma tetra e uma Devotee, abordando temas como a diversidade sexual, a sexualidade de uma tetra, a denominação Devotee, além de outras questões relacionadas às pessoas vítimas de preconceito (homossexuais e deficientes físicos) na sociedade contemporânea. Objetivo: • Fomentar a leitura; • Promover palestras nas comunidades sobre as temáticas diversidade sexual e sexualidade de pessoas com deficiência; • Resgatar a autoestima de pessoas marginalizadas pela sociedade pela sua condição e/ou opção de vida. • Contribuir no âmbito cultural e artístico do país; • Contribuir para o acervo literário da Biblioteca Nacional. Justificativa: Tem-se como proposta abordar, por meio de relatos e poemas, aspectos de alcance e interesse coletivo, pois discorre sobre questões relevantes no cenário social como o homossexualismo e sexualidade de pessoas com deficiência física. A proposta do projeto é fomentar a importância da leitura, visto que o ato de ler possibilita o desenvolvimento intelectual e a inserção social do individuo, pois permite adquirir meios de combater modelos sociais preconceituosos ainda disseminados em pleno século XXI.

Projeto Chinelo Ecológico.

Por Favor Ajude a Realizar este sonho. PROJETO CHINELO ECOLÓGICO “Inclusão Social e Geração de Renda” “O Homem que trabalha com as Mãos é um Operário... O Homem que trabalha com as Mãos e a Inteligência é um Artesão, Mas o Homem que trabalha com as Mãos, com a Inteligência e o Coração é... Um Artista”! CURSO PARA CONFECÇÃO DE CHINELO EM TECIDO APRESENTAÇÃO Dar oportunidade à comunidade (mulheres maiores de 18 anos, homens, jovens) de ter acesso/conhecimento de uma técnica que melhore seu rendimento familiar através da geração de renda (dinheiro) por meio dos produtos (chinelos) confeccionados de forma artesanal, elevando sua auto-estima como cidadão(ã), bem como resgatando seus valores como pessoa integrante de uma comunidade/sociedade comprometida com a melhoria pela Qualidade de Vida. Dá-se prioridade na utilização da reciclagem de produtos, tais como garrafa(s) PET; caixas de sabão em pó; caixas de camisas, enfim, qualquer folha que apresente a textura do papelão da caixa de sabão em pó ( exemplo: caixa de sapatos ou de camisas). É um curso que pode ser assimilado por pessoas “muito simples” desde que tenham concentração e boa vontade em aprender um ofício que permite aumentar a sua renda familiar, zelando pelo local onde mora, primando pela limpeza, conservação e higiene, buscando preservar sua saúde e de seus familiares colaborando desta forma com a natureza e garantindo um futuro melhor para a nova geração que herdará nossas ações presentes. Metodologia Como ferramenta, utilizaremos uma metodologia denominada Aprendizagem Vivencial, através da qual a instrutora apresentará o curso passo a passo para a confecção do(s) chinelo(s), acompanhando e conduzindo o grupo que está recebendo o treinamento, para que ao final do curso, dominem a técnica e aprimorem seus produtos, primando pela “qualidade” e pelo preço justo. Para maior assimilação, haverá uma apostila detalhando todas as etapas do Curso para Confecção de Chinelo(s) em Tecido. CHINELOS PARA JOVENS, ADULTOS FEMININOS E MASCULINOS! Objetivo Objetivo Geral Possibilitar o aumento da receita/renda familiar em R$ 650,00 (seiscentos e cinqüenta reais) e a “emancipação socioeconômica de famílias carentes da comunidade”, com aquisição de equipamentos adequados (máquinas de costura) para atender a unidade produtiva de costura e capacitar inicialmente 20 Agentes Multiplicadoras, além de projetar outra “turma” para treinamento após período médio de 60 dias. Objetivos Específicos a) Gerar oportunidades de negócios e ampliar a capacidade de produção tanto na “costura artesanal, como na costura industrial” da comunidade do Varjão/DF; b) Desenvolver Habilidades Específicas relacionadas ao trabalho a respeito dos saberes: saber ser (competência pessoal), saber fazer (competência produtiva) e saber conviver (competência social), exigidos em tarefas, profissões ou trabalhos em todos os segmentos da sociedade; c) Desenvolver as Habilidades de Gestão relacionadas à organização da atividade laboral; à capacidade de planejamento; de avaliação; autogestão de empreendimentos; e principalmente do trabalho em equipe; d) Reduzir a desigualdade de poder entre instituições-técnicas e as nossas Mães Associadas Deficientes ou não, favorecendo o desenvolvimento de uma relação caracterizada por uma troca de oportunidades no quesito políticas públicas em prol da Mulher e sua respectiva Família, sendo caracterizada por uma troca mais horizontal do que vertical; e) Acompanhar as dificuldades enfrentadas pelas Mães da comunidade em relação às suas crianças para analisar as necessidades de intervenção (estimular a importância da convivência em grupo através do esporte, na escola e na própria família; auxiliar crianças e jovens no desenvolvimento psicomotor, aprendizagem, psicológico e social); f) Fortalecer o Princípio Ético: Avaliar e agir com responsabilidade, pesquisando meios e formas de aprimorar a capacidade intelectual e assertiva das Mães Associadas à nossa Associação, buscando sempre amparar as inúmeras Mães da comunidade; g) Temos como desafio qualificar nossas Mães Associadas para que possam executar ações como Agentes Multiplicadoras, conscientes do valor da reflexão crítica e dominando metodologias de enfrentamento à pobreza, à ignorância e principalmente à fome; h) Iremos viabilizar a cada 2 meses uma “Exposição de Artesanatos com Produtos Reciclados” para divulgação dos produtos, acreditamos que a Administração incentive a realização da “exposição” objetivando estimular as “Agentes Multiplicadoras”. Já temos alguns produtos pilotos como os “PUFF´´s de PNEUS”; enfim, tantos outros acessórios decorativos para adornar ambientes e promover a conscientização para a reutilização de materiais recicláveis = produtos que encantam a todos; e i) Será elaborada uma “agenda” de palestras sobre técnicas de “vendas” para preparar as(os) Associadas(os) com referência às atividades econômicas relacionadas com a produção e comercialização dos produtos e principalmente quanto ao atendimento aos “Clientes”. PÚBLICO-ALVO 20 Mães Deficientes e/ou Carentes. Amplitude do Projeto É uma grande oportunidade poder viabilizar para toda a comunidade a metodologia de uma Confecção de Chinelos em Tecidos, objetivando uma complementação de renda familiar. Tendo em vista a existência de um elevado quantitativo de Senhoras de muito “talento” e que necessitam de um Projeto de Resgate Social que lhes permita confeccionar um ou mais produto(s) de grande aceitação no mercado consumidor e que ao mesmo tempo seja extremamente democrático em compartilhar informações e conhecimentos para que jovens e adultos adentrem em um segmento do “Artesanato” que é extremamente promissor, elevando a conscientização para a coleta seletiva de lixo, pois o Projeto também é denominado de Chinelo Ecológico. Podemos enfeitar o “chinelo” com crochês em garrafas PET e em vários outros materiais recicláveis, que são verdadeiros produtos alternativos de adornos, além de serem produtos de grande aceitação, e por oferecer um preço mais competitivo no mercado. Sabemos que é preciso gerar capital econômico, mas o Capital Social também é muito importante, por ser um “ativo intangível” da Associação que passa a representar, para a comunidade, uma “alavanca social”, por valorizar a cultura e as artes da comunidade local, criando uma relação de confiança, abraçando os Talentos de Artesãos(ãs) e Parceiros(as) que irão potencializar “a micro-região econômica”. *CRONOGRAMA DE TREINAMENTO* PERÍODO 15 DIAS ATIVIDADE PRÁTICA T + 1 Hora • Abertura e Identificação da turma (aprendizes) • Apresentação da Metodologia do Projeto T + 1 Hora • Apresentação do Material (Apostilas - Treinandas) • Corte eTiragem dos Moldes (Diversos Tamanhos) T +1 Hora • Alinhavando e Costurando as Peças do Chinelo T + 1 Hora • Colagem das Solas do Chinelos T + 1 Hora • Acabamentos e Apliques (Decoração Chinelos) T + 1 Hora • “Palestrante: • Eliza Kwabara” - Economista • Você um(a) Negociador(a) de Sucesso!!! • Embalagem/ Produto – Encante seu Cliente! T + 1 Hora • “Palestrante: • Eliza Kwabara” - Economista • Educação Ambiental! • Reciclar é preciso! Coleta Seletiva do Lixo! *A construção do Sucesso* O pensamento do sucesso começa com: planejamento, educação, idéias, sonhos, atitudes e principalmente trabalho em equipe! MATERIAL PARA CONFECCIONAR O “CHINELO ECOLÓGICO” QUANTIDADE MATERIAL CUSTO R$ 5 MÁQUINAS - COSTURA RETA + ZigZag (FACILITA/SINGER)COM GABINETE 5.000,00 10 metros 10 metros 10 metros 10 metros 10 metros 10 metros TECIDO DE POÁ • amarelo • vermelho • azul claro • azul marinho • verde • rosa 150,00 150,00 150,00 150,00 150,00 30 tesouras TESOURAS (1 para corte tecido + 1 para corte papel) 400,00 30 metros ESPUMA 3mm 200,00 30 metros ESPUMA 5mm 250,00 60 pares PALMILHA DE BORRACHA (PLACA) - preta (1 PAR TREINANDA + 1 PAR PREFEITURA) 240,00 20 metros 20 metros 20 metros 20 metros 20 metros 20 metros VIÉS (Tamanho) 1cm: • amarelo • vermelho • azul claro • azul marinho • verde • rosa 20,00 20,00 20,00 20,00 20,00 20,00 30 latas pequenas COLA DE SAPATEIRO “AMAZONAS” 300,00 60 metros FITAS (0,5 cm) • amarelo; vermelho; azul claro;azul marinho; lilás; rosa 60,00 30 CONJUNTOS 30 = Apostilas + 30 = Certificados 300,00 Coffee Break LANCHE ( 15 DIAS = MANHÃS E TARDES ) 1.500,00 “INSTRUTORA” 30 Agentes Multiplicadoras Capacitadas + 2 Palestras 2.000,00 SOMATÓRIO TOTAL GERAL - CURSO CHINELOS EM TECIDO R$ 11.120,00 AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS X GESTÃO DA QUALIDADE (FEEDBACK-DIÁRIO) INDICADORES QUANTITATIVOS INDICADORES QUALITATIVOS CONTROLE QUALIDADE ( Meta = Individual)es MODELO “1” X PRODUÇÃO PRODUTO “A” X PRODUÇÃO META = 6 pares por Dia MODELO “2” X PRODUÇÃO PRODUTO “B” X PRODUÇÃO META = 6 pares por Dia MODELO “3” X PRODUÇÃO PRODUTO “C” X PRODUÇÃO META = 6 pares por Dia Indicador Quantitativo A quantidade de produtos confeccionados dentro da meta diária de produção, será avaliada pelo Controle de Qualidade da Entidade Parceira. Caso a meta não seja alcançada, o(a) Associado(a) passará novamente pelo período de aprendizado até conseguir atingir sua meta individual. Indicador Qualitativo O produto confeccionado será vistoriado e avaliado pelo Controle de Qualidade da Entidade Parceira, caso não obtenha padrão de aceitação acima da média o(a) Associado(a) passará novamente pelo período de aprendizado até obter desempenho aceitável na apresentação do “produto”. QUALITATIVO X QUANTITATIVO Resultados Esperados É preciso que o processo de auto-avaliação acompanhe os progressos ou dificuldades do(a) Associado(a) e seus Familiares, só assim haverá como estimar a assimilação do Crescimento Individual de cada Cidadão(ã), sendo que o objetivo final é o domínio da ferramenta oferecida pelo Projeto. Combater a vulnerabilidade social de Famílias por meio de propostas inclusivas, sejam elas no contexto educacional, na esfera cultural ou mesmo na preservação ambiental. A idéia do projeto é promover ações integradas e articuladas, em sinergismo com o Planejamento adotado pelo Cronograma de Treinamento Aplicado. O tema “educação ambiental” será abordado de maneira transversal ao longo do Projeto, primando por um ambiente ecologicamente equilibrado. Fator Motivacional Observamos que não adianta apenas parecer ocupado, ou iludir-se com a sensação de que está fazendo alguma coisa, somente por fazer. Muitas vezes um novo aprendizado abre portas, conhecemos pessoas e situações que podem enriquecer nosso conhecimento, ampliar horizontes e vencer desafios diários. Reclamamos interiormente de pessoas que não agiram bem, de coisas que não aconteceram como queríamos, de atitudes erradas que tivemos; nesse momento; é preciso refletir sobre nossas atitudes e olhar para fora, buscando novos aprendizados através de cursos, palestras, workshop´s ou mesmo recorrer a profissionais que nos mostre um novo horizonte, uma opção nova que nos torne verdadeiros aprendizes de uma vida cheia de desafios e vitórias, enfim sempre buscando meios e formas de alcançar um pouco mais de Deus e de sabedoria a cada amanhecer. Observ que nos últimos 25 anos houve um aumento muito significativo de jovens constituindo o elo entre casais cada vez com menos idade, como também um crescente aumento de Mães solteiras (na maioria das vezes, ainda crianças). Tenho buscado através de projetos viabilizar meios e formas de concretizar um suporte alternativo para que as “famílias” consigam resistir, superar e principalmente ultrapassar as fronteiras perversas do desemprego, da fome da ignorância e da pobreza. Parceria - Perfil Profissional Instrutora & Palestrante: Eliza Kwabara – CORECON-PR Nro 7577  Facilitadora em Gestão de Negócios c/foco em Gestão Ambiental e Empreendimentos Sociais, Educadora Ambiental em Ecologia Integral: Pilares da Sustentabilidade, e; Consultora organizacional de Processos Produtivos.  Gestora da otimização harmônica integrativa do espaço e/ou de processos objetivando maximizar o aproveitamento dos recursos disponíveis. Eco-cultura dos 5Rs: respeitar, reutilizar, reciclar, recusar ou reduzir e responsabilizar.  Incentivadora do fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais – APL´s, empenho total em potencializar o perfil socioeconômico das Comunidades.

Projeto Rimas e Cores.

Projeto: Cores e Rimas. Autora: Eva Leite. Objeto: Livro. Resumo: Livro de poemas que apresenta como temática a experiência da autora na arte da Pintura, habilidade esta, desenvolvida após acidente automobilístico que a deixou tetraplégica, aos 20 anos de idade. Momento de readaptação e descoberta de si mesma. A obra apresenta a aproximação entre a pintura e a poesia e procura demonstrar a beleza por meio da criação de imagens e cores, assim, os poemas buscam um contexto poético por meio das palavras escritas e das rimas. Objetivo: • Despertar o prazer em ler poemas; • Ter maior compreensão da linguagem poética, levando a revelar idéias, opiniões, sentimentos e talentos ao escrever poemas; Tornar mais competente na comunicação oral e escrita e na busca independente de conhecimentos relacionando essas práticas à vida cotidiana; • Identificar-se com os sentimentos nas poesias lidas; • Assegurar a função social da escrita, fazendo com que os poemas produzidos pelo aluno tenham um leitor real, pois serão expostos em varais e murais. Alguns poemas serão selecionados para fazerem parte de uma coletânea e participarem do Concurso de Intérpretes; • Valorizar os resultados do trabalho individual e coletivo, • celebrando o sucesso alcançado. • Contribuir no âmbito cultural e artístico do país; • Contribuir para o acervo literário da Biblioteca Nacional. Justificativa: O contato com a poesia sempre esteve presente em nossas vidas. Para muitos de nós a poesia vai-se perdendo com o passar dos anos. Aproximação com a linguagem poética, no sentido de familiarizar com a poesia, para que tenham prazer em ler e ouvir poemas e, sobretudo, motivar a exposição de suas emoções, dando liberdade de criar, brincar com as palavras,promovendo a imaginação. Os poemas são um fomento, um incentivo aos leitores a encontrarem novas ideias, novos caminhos para expressarem a vida, a rotina e o pensamentos por meio da escrita, das palavras e das rimas e das cores.

Exposição Fragmento da For

Projeto Fragmento da Flor. Estou preparando minha exposição com tema Fragmento da flor. Objetivos: *Chamar a atenção para o valor e importância do trabalho da mulher com deficiência ou não no cenário das artes. *Oferecer oportunidade para a mulher mostrar suas aptidões e continuar conquistando espaços no mundo das artes, no caso deste projeto, através de pintura em tela com performance e palestra motivacional, superação e produção artística. *Divulgar a idéia do papel da mulher no cenário artístico como profissão e não apenas passatempo ou terapia. *Divulgar arte, pintura em tela, como uma ação transformadora de pessoas, de seres, de instituições e do Mundo. *Buscar eliminar a desigualdade de gênero do ponto de vista cultural e social. *Fomentar idéias de inclusão social de todas as pessoas, principalmente da mulher, e ainda mais, da mulher com dupla vulnerabilidade, por ser mulher e com deficiência.. *Motivar e inspirar outras mulheres em vulnerabilidade ou não a trabalharem com artes. *Despertar no público feminino o interesse em entender o significado do papel da arte na expressão, nos movimentos históricos e mudanças sociais, relacionados à mulher. *Contribuir produtivamente para a transformação da vida de muitas mulheres que têm e querem mostrar seu talento no campo das artes.. *Colaborar com a construção da cidadania fundamentalmente de mulheres do interior, para optarem por artes como meio de saber e de expressão. *Estimular as instituições trabalharem com ensino especial, principalmente por meio das artes. *Levar arte para quem precisa, para as comunidades mais desfavorecidas. *Promover a integração social, e a arte como agente facilitador e promotor da mulher e de todas as pessoas. *Mostrar a presença da mulher no âmbito artístico. *Colocar a mulher como protagonista de sua própria historia, porque cada mulher quer pintar o mundo com suas cores,sonhos e desejos. *Salientar a amplitude do ensino das artes como linguagem universal na educação especial *Abrir espaços para reflexão e debate sobre educação inclusiva e artes. *Promover a idéia de a mulher ser tema e também a autora no mundo da cultura. Característica: Promover a arte, pintura em tela, como agente de ação inclusiva na construção da idéia de que podemos ter uma sociedade mais justa, a arte faz isto pois promove a autonomia e a auto estima. Por meio da arte por exemplo, a pessoa pode trabalhar seus sentimentos e emoções em relação à sociedade que muita vezes a exclui, devido a preconceitos e estigmas. A arte não só transforma as pessoas, como também revela seus desejos, habilidades e opiniões, dando, portanto, a capacidade de compreender sua realidade e ajuda a mudar esta realidade, a partir desta descoberta a mulher passa a descobrir e viver outros horizontes e novas perspectivas profissionais por exemplo. Justificativa: Este projeto é importante porque a autora por ser mulher e com deficiência, dá exemplo, de que a arte transforma vidas e dá oportunidade para que qualquer pessoa tenha uma profissão prazerosa e rentável, alem de que a atitude de pintar usando os lábios, ou seja, o que ficou preservado após um acidente automobilístico, motiva outras pessoas a despertarem para a vida e a descobrirem seu potencial, capacidade e talento, portanto,por meio da pintura em tela, o projeto busca resgatar vidas, valores e conceitos e é um fomento para que muitas mulheres surjam no cenário artístico. A representação da mulher nas artes, desde tempos remotos aparece como ícones e atributos diversos, como de beleza, eroticidade, formas perfeitas e generosas, delicadeza, espírito suave, e é por isso que pinto flores, Porque elas são lindas, perfumadas, sedutoras e exibidas, assim eu retrato as mulheres. Este projeto se justifica portanto, em razões que exaltam a mulher como ser belo, conquistador, mas não tão frágil, e sim um ser capaz de criar, inventar, representar, se mostrar, se revelar, eu desenho a mulher com um ser múltiplo. Neste projeto, eu, como as artes gregas, consagro e cultuo a mulher, e como na arte moderna revelo minha paixão e respeito à mulher que se dobra e desdobra se para ser isto, mulher. Não quero a mulher “musa” aquela figura linda que é apenas objeto de desejo, quero a mulher que produz, que trabalha, que ama as artes, a dança, a culinária, a costura ou a pintura. O projeto chama a atenção de mulheres para que despertem se e assumam uma postura de “poder” poder ser quem realmente são, femininas, masculinas, divinas, corajosas, tímidas, donas de si, ousadas, malcriadas, namoradeiras, produtoras ou simplesmente consumidoras, enfim, a mulher tem que ter o direito de ser e viver, usar o batom que quiser, usar a roupa que quiser e pintar seu quadro como quiser. Muitas mulheres ainda acham difícil escrever, pintar, fazer teatro, e isto por questão de princípios. Este projeto convida mulheres de todos os credos, idades, cores e raças a sair do medíocre e ingressar nos livros de artes, de história e de cultura. Parece que ainda existe mais artistas homens, que mulheres, é preciso mudar este quadro. Então eu vou continuar pintando minhas telas e motivando outras mulheres, do campo, da cidade, de perto e de longe a também pintar o seu.